Engenharia Agrícola e Biológica na University of Illinois at Urbana Champaign


A Engenharia de Biossistemas é um curso ministrado no Brasil a partir do ano de 2009, sendo a Universidade de São Paulo a primeira instituição Sul Americana a oferecê-la como curso de graduação. Apesar do caráter de pioneirismo na América latina, a graduação em Engenharia de Biossistemas já é considerada um curso tradicional em outros países do mundo, como nos EUA, onde localizam-se as Universidades consideradas expoentes na área. De acordo com o ranking da U.S.News & World Report (disponível aqui), as melhores universidades norte americanas que oferecem essa graduação são: Purdue University–​West Lafayette, University of Illinois–​Urbana-​ChampaignTexas A&M University–​College StationIowa State University, North Carolina State University–​Raleigh, entre outras.

A análise da grade curricular do curso de Engenharia de Biossistemas permite entender melhor quais as capacidades do profissional formado, e dessa forma concluir com maior precisão quais as possíveis áreas de atuação dos Engenheiros de Biossistemas no mercado de trabalho. Com a finalidade de expor as capacidades do profissional formado, será analisada a grade curricular desse curso, para a University of Illinois at Urbana Champaign, rankeada como a TOP 2 para o curso de Engenharia de Biossistemas, de acordo com o ranking da U.S.News & World Report.

University of Illinois

University of Illinois, learning & labor.

O documento que contém as disciplinas necessárias para a obtenção do diploma de Engenheiro de Biossistemas, na University of Illinois, pode ser acessado aqui. A tradução das informações que descrevem o curso está disposta a seguir:

“A Engenharia agrícola e biológica é a aplicação de matemática, ciências físicas, ciências biológicas e de engenharia em agricultura, sistemas de alimentos, energia, meio ambiente e sistemas biológicos relacionados. O diploma de Bacharelado em Engenharia Agrícola e Biológica, acreditado pela ABET, proporciona concentração em Engenharia Biológica, que integra ciências da vida com a engenharia para o avanço e aplicações dos conceitos fundamentais de sistemas biológicos, de níveis moleculares até ecossistemas”.

“A compreensão da complexidade inerente aos sistemas biológicos é importante para a concepção de soluções nas áreas de bioenergia, bioprocessamento, nanotecnologia, biossensoriamento, bioinformática e bioambiência. Dentro dessa concentração, o estudante é requisitado a selecionar um conjunto de disciplinas coerentes para constituir uma especialização em sua área de interesse profissional, tanto da lista a seguir ou uma área customizada, escolhida em consulta com um orientador: Engenharia de bioambiência, Engenharia ecológica, Engenharia de alimentos e bioprocessos, Engenharia biológica em nanoescala.”

O Bacharel em Engenharia agrícola e biológica da UofI (abreviação para University of Illinois) tem duração de 4 anos, 8 semestres, sendo as disciplinas da grade curricular dispostas a seguir, de acordo com o período em que o estudante universitário deve cursá-la:

1º Semestre:

Mascote da University of Illinois,

Mascote da University of Illinois, “Chief Illiniwek”.

– Introdução à Engenharia Agrícola & Biológica;

– Química Geral I;

– Laboratório de Química Geral I;

– Orientação em Engenharia;

– Gráficos e Projetos de Engenharia, ou Princípios de Composição;

– Cálculo I;

– Eletiva de educação liberal.

 

2º Semestre:

– Princípios da Engenharia Agrícola e Biológica: Biológico;

– Química Geral II;

– Laboratório de Química Geral II;

– Cálculo II;

– Física Universitária: Mecânica

– Princípios de Composição, ou Gráficos e Projetos de Engenharia.

 

University of Illinois at Urbana Champaign durante intervalo do jogo de Futebol Americano.

3º Semestre:

– Princípios da Engenharia Agrícola e Biológica: Sistemas de Máquinas;

– Princípios da Engenharia Agrícola e Biológica: Solo & Água;

– Introdução à Computação: Engenharia & Ciências;

– Cálculo III;

– Física Universitária: Eletricidade & Magnetismo;

– Introdução à Estatística, ou Estatística.

 

Vista aérea do Main Quad - University of Illinois at Urbana Champaign.

Vista aérea do Main Quad – University of Illinois at Urbana Champaign.

4º Semestre:

– Princípios da Engenharia Agrícola e Biológica: Bioambiência;

– Princípios da Engenharia Agrícola e Biológica: Bioprocessamento;

– Introdução à Teoria de Matrizes;

– Introdução às Equações Diferenciais;

– Química Orgânica Elementar I;

– Física Universitária: Física Térmica;

– Introdução à Dinâmica.

 

Agricultural and Biological Engineering (ABE) - University of Illinois.

Agricultural and Biological Engineering (ABE) – University of Illinois.

5º Semestre:

– Processos de Transporte em Engenharia Agrícola e Biológica;

– Eletricidade e Circuitos Eletrônicos;

– Bases Moleculares & Celulares da vida;

– Eletiva Técnica de Engenharia Agrícola e Biológica;

– Eletiva de educação liberal.

 

6º Semestre:

– Termodinâmica;

– Princípios da Macroeconomia;

– Eletiva Técnica de Engenharia Agrícola e Biológica;

– Eletiva de Ciências Biológicas e da Natureza;

– Eletiva de educação liberal.

ILLINOIS - Símbolo da University of Illinois.

ILLINOIS – Símbolo da University of Illinois.

7º Semestre:

– Gestão de Projetos;

– Eletiva Técnica de Engenharia Agrícola e Biológica;

– Eletiva Técnica;

– Eletiva de educação liberal;

– Eletiva Livre.

 

8º Semestre:

– Design de Projeto ligado à Indústria;

– Eletiva de Ciências Biológicas e da Natureza;

– Eletiva Técnica;

– Eletiva de educação liberal;

– Eletiva Livre.

 

Estudante brasileiro de Engenharia de Biossistemas, José Arthur Z. de Paula, durante seus estudos na University of Illinois at Urbana Champaign.

Estudante brasileiro de Engenharia de Biossistemas, José Arthur Z. de Paula, durante seus estudos na University of Illinois at Urbana Champaign.

Observa-se que a grade curricular possui disciplinas obrigatórias, que em sua maioria são disciplinas de fundamentação teórica nas áreas de exatas, como física, química, matemática, computação e estatística, e biológicas, como disciplinas de solos, água, bioambiência e bioprocessamento. A maioria das disciplinas possuem pré requisitos, e dessa forma, caso o aluno não seja aprovado em alguma matéria, ele precisará cursar novamente essa mesma disciplina, o que pode ocasionar atrasos em seu período de formação.

Um dos pontos mais interessantes dessa grade curricular é a sua flexibilidade, que permite aos universitários montar sua grade personalizada, de acordo com seus interesses profissionais e acadêmicos. Existem cinco diferentes tipos de disciplinas que podem ser definidas pelo estudante, com apoio de seu orientador: Eletiva livre, Eletiva de educação liberal, Eletiva de Ciências Biológicas e da Natureza, Eletiva técnica e Eletiva técnica de engenharia agrícola & biológica. As eletivas livres podem ser quaisquer disciplinas da universidade, desde disciplinas de esportes até astronomia. As eletivas de educação liberal são disciplinas relacionadas à área de humanas, como sociologia, história, ética, filosofia, psicologia, aulas de idiomas, entre outras. As Eletivas de Ciências Biológicas e da Natureza são apresentadas no documento, sendo que outras disciplinas podem ser consideradas caso aprovadas pelo orientador, alguns exemplos são: Laboratório de engenharia genética, Biotecnologia na agricultura, Modelagem biológica, Modelagem de recursos naturais, Ecologia, Princípios da gestão de ecossistemas, Ambiente e desenvolvimento sustentável, Processamento de alimentos I e II, entre muitas outras disciplinas.

As Eletivas técnicas e Eletivas técnicas de engenharia agrícola & biológica são disciplinas profissionalizantes, sendo algumas apresentadas no documento, como Sistemas de energias renováveis, Engenharia de recursos de terra & água, Engenharia da qualidade do ar de interiores, Controle ambiental para construções, Nanoengenharia biológica, Bioprocessamento de biomassa para biocombustíveis, Engenharia ambiental, Engenharia de qualidade ecológica, Biomonitoramento, Engenharia bioquímica, Técnicas de engenharia biomolecular, Modelagem de sistemas biológicos, Biossensores, dentre muitas outras disciplinas.

A maneira mais adequada de se comparar a grade curricular do curso de Bacharelado em Engenharia de Biossistemas, ministrado pela Universidade de São Paulo, com o curso ministrado pela University of Illinois at Urbana Champaign é através da análise da grade curricular juntamente à ementa individual de cada disciplina. Comparando-se apenas quantitativamente a grade curricular, sob os quesitos do total de créditos e quantia total de disciplinas necessárias para se obter o diploma, tem-se que na Universidade de São Paulo são necessários 268 créditos através de 73 disciplinas, enquanto na University of Illinois 128 créditos através de 46 disciplinas.

Anúncios

Sobre Marcelo Saade Amato
Marcelo Saade Amato is currently a Biological Systems Engineering student at the University of São Paulo and is planning on graduating in December 2014. Marcelo has become a very flexible, hard working and enthusiastic professional due to his exceptional background in biological engineering and specialized experiences, both nationally and internationally. His main motivations are to help the growth of companies and technologies that benefit people and the environment by transferring his experiences and knowledge for the advancement of teamwork. Marcelo has had practice with working in the renewable and environment sector, especially with management, research and engineering-based activities.He is interested in improving industrial experience with management consulting through new job challenges and opportunities and becoming an executive in the future. Marcelo’s international experience ranges from being academically challenged in his exchange program at the University of Illinois at Urbana-Champaign to training his renewable energy knowledge during his internship at the German Aerospace Center. His main professional activities in Brazil occurred in the student-run company Biossistec Jr, where he started as a trainee in 2010, was promoted to manager, then to director, and then to vice-president until he became the CEO in 2013. Besides the above-mentioned professional and academic activities, Marcelo also works in community-based projects, such as being one of two official Student Council representatives of the Biological Systems Engineering students at the University of São Paulo, as well as maintaining a student-run website dedicated to spreading the news about research, projects and potential labor markets for biological systems engineers. Read more about Marcelo Saade Amato: http://www.linkedin.com/in/marcelosaadeamato

Nos diga o que pensa...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s